Rebeldes cingaleses matam 11 policiais

Em uma intensificação de sua campanha rebelde, os Tigres de Libertação do Tâmil Eelam (TLTE) atacaram nesta quinta-feira uma delegacia de polícia no nordeste do Sri Lanka, matando 11 policiais e ferindo outros 10. O ataque dos insurgentes ocorreu esta manhã (hora local) na cidade de Muttur, informou o brigadeiro Sanath Karunaratne, porta-voz do ministério da Defesa cingalês. Muttur, situada a 220 km a nordeste da capital, Colombo, está sob controle governamental.Os rebeldes do TLTE lutam desde 1983 para estabelecer uma pátria tâmil independente no norte do pequeno e multiétnico país insular. Mais de 64.000 pessoas já morreram em 18 anos de guerra civil. Antes do ataque em Muttur, na terça-feira atacantes suicidas conduziram barcos carregados de explosivos contra um navio-tanque de combustível cingalês que levava a bordo 18 pessoas. A nave afundou e três de seus ocupantes morreram. Na segunda-feira, na capital, um atacante suicida se matou numa explosão, provocando a morte de outras quatro pessoas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.