Rebeldes conquistam mais uma cidade no Haiti

Os rebeldes que já ocupam metade do Haiti tomaram mais uma cidade nesta sexta-feira e aproximaram-se mais ainda da capital, onde irrompem saques e seqüestro de automóveis. Grupos de homens armados, agindo em apoio ao presidente Jean-Bertrand Aristide, fizeram disparos para o alto. O governo francês voltou a pedir a Aristide que renuncie, e o presidente George W. Bush endossou a sugestão de que Aristide deixe o cargo, pelo bem do país. Está claro que o apelo de Aristide por uma tropa internacional de paz ficará sem resposta. Enquanto os políticos exigem um acordo entre governo e oposição antes que haja uma intervenção estrangeira, a Human Rights Watch alertou que uma ofensiva rebelde sobre a capital poderá levar a uma ?matança generalizada? e à ?destruição indiscriminada de propriedade?.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.