Rebeldes curdos começam a se retirar da Turquia amanhã

O braço armado do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK, por suas iniciais em curdo) informou nesta terça-feira que iniciará amanhã a retirada de seus combatentes da Turquia para o norte do Iraque.

AE, Agência Estado

07 de maio de 2013 | 13h34

De acordo com a agência de notícias pró-curda Firat, um primeiro grupo de rebeldes deixará a Turquia amanhã e se dirigirá ao norte do Iraque, mas não havia detalhes sobre o tamanho do grupo nem o tempo de duração da retirada.

O PKK declarou cessar-fogo em março e prometeu retirar-se gradualmente da Turquia como parte de negociações de paz para encerrar um conflito de três décadas no qual dezenas de milhares de pessoas já morreram.

Os rebeldes lutavam por autonomia e mais direitos em uma área do sudeste da Turquia onde a maioria da população é curda. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Turquiacurdos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.