Rebeldes curdos são suspeitos de explodir bomba em trilho na Turquia

Um grupo rebelde curdo é suspeito de ter detonado uma bomba por controle remoto em estrada de ferro no sudeste da Turquia, causando danos a três vagões de um trem de carga, segundo a agência de notícias estatal Anatolia .O trem, que levava carvão da cidade de Mus, tinha viajado aproximadamente 120 quilômetros quando foi atacado perto de Genc, na província de Bingol, segundo a agência. Autoridades suspeitam que rebeldes curdos colocaram a bomba, já que recentemente eles intensificaram os ataques. Mais de doze soldados e policiais foram mortos nas últimas semanas. Rebeldes do Partido dos Trabalhadores Curdos, que buscam autonomia, também conduziram ataques em balneários turísticos, matando três pessoas e ferindo mais de doze turistas. Aproximadamente 37 mil pessoas morreram desde que os rebeldes pegaram em armas em 1984.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.