Goran Tomasevic/Reuters
Goran Tomasevic/Reuters

Rebeldes da Líbia planejam novo ataque contra cidade leal a Kadafi

Há duas semanas, revolucionários tentaram invadir Bani Walid, mas foram repelidos

Reuters

23 Setembro 2011 | 16h11

WADI DINAR - Um porta-voz militar dos rebeldes da Líbia disse nesta sexta-feira, 23, que as forças revolucionarias estão planejando um novo ataque contra a cidade de Bani Walid, no sudeste do deserto líbio, que ainda está sob controle das tropas leais ao ditador Muamar Kadafi.

 

Veja também:
forum OPINE: 
Onde se esconde Kadafi?
especialESPECIAL: Quatro décadas de ditadura na Líbia
lista ARQUIVO: ‘Os líbios deveriam chorar’, dizia Kadafi

 

Abdel-Salam Genouna, o porta-voz dos rebeldes, afirmou que os combatentes tentarão novamente entrar na cidade pelo sul. Há duas semanas, eles tentaram uma investida pelo norte, mas enfrentaram forte resistência por parte das forças de Kadafi e tiveram de recuar. Na ocasião, mais de 30 insurgentes morreram.

 

De acordo com o porta-voz, o problema da primeira ofensiva foi a falta de liderança e apoio do Conselho Militar à frente da operação.

 

A cidade de Bani Walid fica cerca de 140 quilômetros a sudoeste de Trípoli e é um dos últimos locais sob comando do ditador. Durante a semana, os rebeldes anunciaram a captura total de Sabha, outra localidade do deserto, e afirmaram ter o controle das rotas de fuga no sul do país que levam ao Níger, o que impediria que o ditador escapasse se tentasse utilizá-las.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.