Rebeldes das Farc seqüestram aproximadamente 50 venezuelanos

Aproximadamente 50 venezuelanos foram seqüestrados este ano pelas Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), denunciou neste sábado o presidente da Federação Nacional de Criadores de Gado (Fedenaga) da Venezuela, Genaro Méndez. Ele afirmou ainda que são cerca de 300 seqüestros por ano na zona fronteiriça entre os dois países.O presidente da Fedenaga, que fez a denúncia à rádio colombiana Caracol, disse que as Farc seqüestraram cerca de 1.800 cidadãos venezuelanos na zona fronteiriça desde 1976. "Sabemos da presença de acampamentos tanto das Farc como do Exército de Libertação Nacional (ELN) e de outros grupos que se organizaram aqui", afirmou o líder da Fedenga.O seqüestro e o narcotráfico são as principais fontes de financiamento das guerrilhas colombianas.A presença de grupos rebeldes da Colômbia foi denunciada em diversas ocasiões, não apenas no território venezuelano, mas também nas fronteiras com Equador, Peru, Panamá e Brasil.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.