Rebeldes de minoria étnica matam 2 e ferem 12 no Sri Lanka

Integrantes da facção rebelde Tigres para a Libertação da Pátria Tâmil (LTTE) mataram dois e feriram 12 soldados em uma emboscada, em Batticaloa, no oeste do país, na tarde do último domingo, 18. As informações são do Ministério da Defesa de Sri Lanka. O tenente coronel, Upali Rajapakse, do centro de informação, diz que os embates continuaram depois da emboscada em Batticaloa, no oeste do país, na tarde do domingo. Os rebeldes lutam para criar um estado independente na região norte e noroeste do Sri Lanka para a minoria étnica tâmil. Um cessar-fogo negociado pela Noruega em 2002 conseguiu diminuir a violência, mas os combates voltaram a aumentar em 2005. Pelo menos 4 mil pessoas foram mortas desde então, mas nenhum dos bandos anunciou trégua oficialmente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.