Rebeldes de Uganda matam 189 congoleses

Rebeldes vindos de Uganda, do grupo Exército da Resistência do Senhor, mataram 189 pessoas em três dias de ataques no nordeste da República Democrática do Congo, informou a ONU ontem. Ao menos 20 crianças foram sequestradas pela milícia. Segundo o Exército de Uganda, apenas no dia 26 os rebeldes mataram 45 pessoas que estavam dentro de uma igreja.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.