Rebeldes deixam negociações de paz no Sudão

As conversações patrocinadas pela União Africana para encerrar a carnificina na região sudanesa de Darfur foram rompidas neste sábado, depois que dois grupos rebeldes abandonaram as negociações em Adis Abeba, Etiópia, alegando que o governo do Sudão não está implementando os acordos de paz existentes."Essas negociações estão encerradas", disse Ahmed Hussain Adam, em nome do Movimento por Justiça e Igualdade (MJI) e do Exército de Libertação do Sudão (ELS). "Estamos deixando Adis Abeba", afirmou ele, que é membro do MJI.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.