Rebeldes entram em choque com Exército nas Filipinas

Novos confrontos ocorreram entre soldados do governo e guerrilheiros separatistas no sul das Filipinas. O porta-voz da Frente Moro pela Libertação Islâmica, Eid Kabalu, disse que três soldados morreram e quatro guerrilheiros ficaram feridos em tiroteios ocorridos ontem, depois de o Exército ter lançado 25 morteiros contra uma base rebelde na ilha de Mindanao, no sul das Filipinas. Mais tarde, dois helicópteros artilhados do governo dispararam pelo menos 16 foguetes contra a mesma base, disse Kabalu. Os bombardeios foram retomados hoje contra a aldeia de Polomolok, na cidade de Columbio, província de Sultan Kudarat, cerca de 940 quilômetros ao sudeste de Manila, disse ele.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.