Rebeldes iraquianos explodem dois oleodutos

Rebeldes iraquianos ampliaram sua campanha contra a infra-estrutura nacional ao explodir dois oleodutos, cortando as exportações de petróleo do país e elevando os preços internacionais do petróleo. Além disso, homens armados atacaram um comboio de trabalhadores civis, matando alguns.Pela manhã, sabotadores destruíram dois oleodutos na península de Faw, forçando as autoridades a cortar as exportações, de uma média de 1,85 milhão de barris ao dia para 800.000 barris. Os ataques afetaram o mercado internacional de petróleo, com altas de até 81 centavos de dólar antes do fechamento, que terminou registrando baixa no preço.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.