Rebeldes iraquianos lançam onda de ataques em Samarra

Rebeldes iraquianos lançaram uma onda de violência nos arredores da cidade de Samarra, trocando tiros com forças americanas, atacando um comboio militar e saqueando e explodindo uma delegacia de polícia. A série de ataques ocorre no mesmo dia em que o ministro da Defesa do Reino Unido visita o Iraque. A violência em Samarra, no norte do país, deixou quatro iraquianos mortos e feriu diversos outros.No sul do país, o ministro britânico Geoff Hoon deverá reunir-se com soldados de diversas bases da região de Basra. Hoon discutiu os preparativos para as eleições no Iraque com o governador local, Hassan al-Rashid, e disse que a Grã-Bretanha não deverá enviar mais soldados para o Iraque antes do pleito. Em Samarra, rebeldes armados invadiram uma delegacia de polícia, saquearam o depósito de armas e explodiram o prédio. Um policial e uma criança foram mortos do lado de fora da construção. O porta-voz militar capitão Bill Coppernoll disse que oito homens armados, em dois carros, atacaram a casa do chefe de polícia da cidade, sem causar baixas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.