Rebeldes líbios dizem receber apoio do futebol

Os rebeldes líbios disseram que os jogadores e o treinador da seleção nacional de futebol anunciaram seu apoio à luta contra o governo de Muamar Kadafi, no poder há 42 anos. O anúncio foi feito num vídeo postado neste sábado na pagina dos rebeldes no Facebook sob o título de "a seleção nacional anuncia sua deserção".

AE, Agência Estado

25 de junho de 2011 | 14h54

Nas imagens, vários dos homens dizem que estão visitando os rebeldes nas montanhas de Nafusa, oeste do país, para demonstrar seu apoio. Os homens não se identificam pelo nome. Um deles diz que eles estão "anunciando, não desde agora, mas desde o início da revolução, que estamos nos juntando a ela".

Outro afirma que "Se Deus quiser, Trípoli será libertada por esta montanha. Esta é uma mensagem para que os agentes abandonem suas armas porque a Líbia será livre, em breve". As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Líbiarebeldesfutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.