Rebeldes matam 11 policiais em dois ataques na Índia

Grupos rebeldes mataram pelo menos 11 policiais em dois ataques perpetrados neste domingo na Índia oriental. A polícia suspeita que o Grupo Guerrilheiro do Povo fez explodir uma mina que matou sete de seus agentes e feriu cinco no estado de Orissa, disse o diretor-geral da entidade, N. C. Padhi. Os policiais se dirigiam ao povoado de Gothalipadar, localizado a poucos quilômetros de Bhabaneshwar, capital de Orissa. Segundo Padhi, cinco deles tiveram morte instantânea e outros faleceram no hospital. Os cinco feridos estão em estado grave. No vizinho estado de Bihar, guerrilheiros do Centro Maoísta emboscaram e atiraram contra quatro policiais que viajavam em um jipe para um distante povoado do distrito de Rohtas, disse Mohamed Haiyat, superintendente de polícia do distrito. A polícia busca pelos guerrilheiros nas proximidades, uma região montanhosa marcada por barrancos e despenhadeiros.

Agencia Estado,

11 Agosto 2002 | 16h39

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.