Rebeldes matam 14 pessoas em ataque a ônibus de Uganda

Uma emboscada de rebeldes deixou 14 mortos de dezenas de feridos no norte de Uganda, segundo um porta-voz do Exército. Os ?guerrilheiros de Deus?, como o grupo é chamado, atacaram um ônibus e outros dois carros com rifles, foguetes e granadas. Há 17 anos os Exército de Libertação do Senhor desafia o governo de Uganda em uma guerrilha sangrenta. Calcula-se que cerca de 60 pessoas estão desaparecidas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.