Rebeldes matam 17 pessoas nas Filipinas

Pelo menos 17 pessoas morreram durante um ataque de rebeldes comunistas a um posto do Exército de Cagpili , província de Samar oriental, a 615 km de Manila, nas Filipinas.Cerca de 100 guerrilheiros do Novo Exército do Povo invadiram o posto na manhã desta quinta-feira. Desde o final dos anos 60, os rebeldes lutam contra o governo central de Manila e pela criação de um estado marxista no país.Em 2001, a presidenta das Filipinas, Gloria Arroyo, interrompeu as negociações de paz com a guerrilha após vários ataques contra alvos do governo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.