Rebeldes matam 3 soldados dos EUA no Afeganistão

Militantes armados com foguetes propulsores de granadas atacaram tropas norte-americanas de patrulha em uma remota região ao norte do Afeganistão, deixando três soldados mortos, antes de as forças norte-americana responderam à ação, com tiros de artilharia. Três soldados e um civil ficaram feridos. O incidente ocorreu no distrito de Waygal, da província de Nuristan.Na província de Grazni, o ex-vice-governador Abdul Hakim foi assassinado em frente a sua casa, meses depois de seu superior, o ex-governador da província Taj Mohammed Qari Baba também ter sido morto. Na emboscada que matou Qari Baba, em março, outras quatro pessoas foram mortas.Uma explosão também ocorreu neste sábado próximo à base da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN) em Cabul. Não houve feridos.A violência aumentou este ano no Afeganistão, particularmente no sul do país, onde simpatizantes e militantes do grupo Taleban intensificaram seus ataques, para fazer frente à ofensiva das tropas lideradas pela OTAN e pelas forças do Afeganistão.O objetivo das tropas é retirar os rebeldes de seus esconderijos. A coalizão diz ter matado, capturado e ferido cerca de 1,1 mil militantes do Taleban em dois meses.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.