Rebeldes muçulmanos fazem nove mortos nas Filipinas

Ataques de rebeldes muçulmanos em vários vilarejos no sul das Filipinas deixaram nove mortos hoje. Os corpos das vítimas foram localizados com ferimentos a bala. O exército filipino lançou uma ofensiva contra os guerrilheiros da Frente Islâmica de Libertação Moro. Mais cedo, a presidente Gloria Arroyo deu um ultimato aos guerrilheiros para que se retirassem da região.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.