Rebeldes ocupam palácio presidencial e depõem presidente em golpe de Estado

Rebeldes da aliança conhecida como Seleka, que há dois meses assinaram um acordo de paz com o governo, depuseram, ontem, o presidente da República Centro Africana, François Bozizé. O grupo ocupou o palácio presidencial, na capital Bangui. Horas depois, eles podiam ser vistos em caminhões pelas ruas da cidade. A França, de quem o país é ex-colônia, confirmou em nota o ocorrido. Um comunicado assinado por Justin Kombo Moustapha, secretário-geral do Seleka, afirmou que o país "acaba de abrir uma nova página em sua história". O próprio Bozizé tomou o poder em 2003 depois de uma rebelião.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.