Rebeldes pró-Chechênia libertam 4 reféns em Istambul

Um grupo armado que invadiu ontem de manhã um hotel no centro de Istambul e fez várias pessoas reféns libertou nesta segunda-feira três mulheres e uma criança. Os extremistas, que lutam pela independência da Chechênia, identificaram-se como partidários de Muhammed Tokcan, um turco de origem chechena que está preso na Turquia por ter seqüestrado um ferry-boat no Mar Negro, em 1996. De acordo com uma agência de notícias de Anatólia, todos os reféns libertados são de nacionalidade turca.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.