Rebeldes pró-Rússia abrem eleições na Ucrânia

Donetsk, 02/11/2014 - Rebeldes pró-Rússia abriram eleições neste domingo em cidades do leste da Ucrânia que estão sob domínio de separatistas, prosseguindo com eleições que o governo ucraniano considerou ilegais.

DOW JONES NEWSWIRES, Estadão Conteúdo

02 de novembro de 2014 | 10h25

As eleições controversas tornaram mais tensas um cessar-fogo já incerto entre forças ucranianas e rebeldes apoiados pela Rússia, que têm se enfrentado em regiões ao leste de Donetsk e Lugansk desde abril.

As eleições deste domingo causam risco de mais prorrogação do acordo de paz. Elas também são uma vitória simbólica dos rebeldes, mostrando - independentemente do resultado - a extensão total da perda de controle da Ucrânia.

A Ucrânia, a União Europeia e os Estados Unidos caracterizaram a votação como uma violação do acordo de cessar-fogo. A Rússia, no entanto, disse que o acordo de paz permite as eleições e sinalizou sua intenção de reconhecer os resultados. Fonte: Dow Jones Newswires.

Mais conteúdo sobre:
EleiçõesUcrânia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.