Rebeldes querem rápido cessar-fogo na Líbia, diz ONU

Os insurgentes na Líbia querem tanto um rápido cessar-fogo quanto o fim do cerco a cidades do país realizado pelas forças do governante Muamar Kadafi, disse hoje o enviado especial da Organização das Nações Unidas (ONU) no país, Abdel Elah Al Khatib, que realizou encontros com líderes rebeldes em Tobruk. "Eles reiteraram sua demanda pela retirada dos cercos impostos pelas forças do governo líbio naquelas cidades e por um rápido cessar-fogo", afirmou.

GABRIEL BUENO, Agência Estado

22 de março de 2011 | 12h43

Khatib teve o primeiro encontro com líderes das forças de oposição líbia em Tobruk, no leste do país, na segunda-feira. A intenção dele é "ouvir suas visões e posições sobre a situação na Líbia", segundo o comunicado da ONU. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Líbiaataquesrebeldescessar-fogo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.