Rebeldes sírios matam membros de grupo ligado à Al-Qaeda

Os rebeldes sírios que estão lutando contra jihadistas no norte da Síria mataram e capturaram dezenas de militantes leais a um grupo ligado a Al-Qaeda em dois dias de combates, de acordo com o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

AE, Agência Estado

04 de janeiro de 2014 | 10h42

"Pelo menos 36 membros e simpatizantes do Estado Islâmico do Iraque e o Levante foram mortos desde sexta-feira em Idlib e mais de 100 foram capturados pelos rebeldes" em Idlib e Alepo, afirmou o grupo.

O principal partido de oposição da Síria, a Coalizão Nacional, disse neste sábado que "apoia plenamente" os rebeldes. "A Coalizão de Oposição Síria apoia plenamente os esforços em curso por elementos do Exército Livre Sírio para libertar as cidades e bairros da opressão autoritária" do Estado Islâmico do Iraque e do Levante, afirmou a presidência do grupo em um comunicado. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
síriaviolência

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.