Rebeldes somalis atacam base da União Africana

Rebeldes somalis afirmaram ter lançado neste domingo ataques suicidas contra uma base da União Africana (UA) na capital da Somália, Mogadiscio. Pelo menos duas pessoas teriam sido mortas, segundo uma testemunha.A UA não confirmou os ataques suicidas, mas afirmou que a base foi alvejada por insurgentes com tiros de morteiro. Em um comunicado, o grupo rebelde al-Shahab alegou ter lançado "dois ataques suicidas contra os infiéis em Mogadiscio, causando pesadas perdas".Também neste domingo, um paquistanês foi sequestrado por homens armados no norte da Somália, segundo Muse Gelle, governador da região de Bari. Quando ocorreu o sequestro, o paquistanês estava viajando para um projeto agrícola onde trabalhava, afirmou Gelle.As informações são da Associated Press.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.