Rebeldes tomam bairros de Alepo, na Síria

Rebeldes sírios estão avançando na cidade de Alepo e assumiram o controle de diversos bairros, afirmaram ativistas e oposicionistas nesta quinta-feira, um dia antes da data proposta pela ONU (Organização das Nações Unidas) para o início de um cessar-fogo de quatro dias.

AE, Agência Estado

25 de outubro de 2012 | 12h06

De acordo com ativistas locais, aconteceram confrontos intensos na cidade, especialmente no entorno de um aeroporto militar. O comandante rebelde Bassam al-Dada disse para a Associated Press que as forças oposicionistas tomaram duas áreas centrais da cidade, incluindo Salaheddin, local que há meses é palco de combates.

Moradores do bairro de Ashrafiyeh, norte de Alepo, afirmaram também que cerca de 200 rebeldes ocuparam a vizinhança, predominantemente curda, e tomaram um posto militar.

Enquanto isso, o governo deve anunciar ainda hoje se aceitará a proposta de cessar-fogo durante o feriado muçulmano de Eid al-Adha, que começa na sexta-feira. Os rebeldes afirmaram que concordarão com a trégua se as forças do regime baixarem as armas primeiro.

O acordo é mediado pelo enviado da ONU e da Liga Árabe para a Síria, Lakhdar Brahimi. O vice-secretário-geral da ONU, Jan Eliasson, disse nesta quinta-feira que não existem garantias de que o cessar-fogo vá durar, mas incentivou os dois lados envolvidos na guerra civil a aceitaram a trégua. As informações são da Associated Press e Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Síriacessar-fogoviolência

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.