Rebeldes tomam base aérea militar no norte da Síria

Rebeldes tomaram o controle da base área militar de al-Jarrah, na província de Aleppo, no norte da Síria, nesta terça-feira, informou o Observatório Sírio dos Direitos Humanos.

AE, Agência Estado

12 de fevereiro de 2013 | 09h45

Segundo o diretor da instituição, Rami Abdul-Rahman, após vários dias de confrontos esporádicos, os insurgentes lançaram uma operação para capturar al-Jarrah na segunda-feira e invadiram a base com facilidade na manhã desta terça-feira. A ação ocorre um dia depois de os rebeldes terem dominado uma barragem estratégica do país.

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-moon, fez um apelo para que o governo do presidente sírio Bashar Assad aceite a oferta do líder da Coalizão Nacional, Ahmed Moaz Khatib, de começar a negociar a paz. "É uma oportunidade que não se deve perder. Uma chance de mudar de uma lógica militar devastadora para uma abordagem promissora política", disse Ban Ki-moon.

No entanto, na segunda-feira pela manhã, Assad disse que não cederá à pressão, segundo a agência estatal de notícias Sana. O presidente afirmou que seu regime está aberto à negociações, mas sem condições previamente estabelecidas. As informações são da Associated Press e Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
SíriaviolênciaONU

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.