Rebeldes ugandenses matam uma pessoa e seqüestram 44

Rebeldes atacaram um seminário no norte de Uganda, mataram uma pessoa e seqüestraram 44 estudantes em meio a uma insurgência que já dura 16 anos, informou neste domingo um funcionário do governo.Os rebeldes entraram no seminário de Lacor, neste sábado à noite, nos arredores de Gulu, a 360 quilômetros de Kampala, disse Max Omeda, comissário do Distrito de Gulu."Eles entraram e dispararam contra as paredes, seguindo direto para o dormitório", comentou Omeda. "Os rebeldes intensificaram suas operações e estão buscando escolas como alvo."Acredita-se que a pessoa assassinada seja funcionária do local onde 136 seminaristas estudavam para ser padres católicos,informou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.