Rebeldes venezuelanos rejeitam pedido de Gaviria

Os militares rebeldes venezuelanos rejeitaram nesta terça-feira pedido do secretário-geral da OEA, César Gaviria para que saiam da Praça Altamira, na zona leste da capitalvenezuelana.O líder dos rebelados, general Enrique Medina Gómez, reuniu-se com Gaviria, que tenta mediar o conflito venezuelano.Catorze militares rebelados ocupam a praça há uma semana, exigindo a renúncia do presidente Hugo Chávez."Gaviria nos pediu para abandonar praça, mas ficaremos ali até encontrarmos uma saída para a crise", insistiu Medina.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.