Rebeldes xiitas destroem sede de petrolífera no Iraque

Rebeldes xiitas ligados ao clérigo Muqtada al-Sadr invadiram a sede da South Oil Co., uma empresa petrolífera iraquiana, e atearam fogo aos armazéns da companhia, informam testemunhas. O ataque ocorre depois de os rebeldes terem ameaçado sabotar a infra-estrutura petrolífera do país, em protesto contra os combates na cidade sagrada de Najaf.Os radicais arrombaram a empresa, expulsaram os guardas de segurança com um tiroteio e usaram granadas propelidas por foguete para atacar os armazéns, que abrigavam equipamento de perfuração e outros materiais. As explosões destruíram completamente pelo menos dez depósitos. O fogo se espalhou para os escritórios.Quando os bombeiros chegaram, os rebeldes atiraram contra eles, forçando-os a fugir. Os militares britânicos, responsáveis pela segurança no sul do Iraque, não fizeram comentários.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.