Rebelião em penitenciária é controlada

Depois de quase um mês de negociações, as autoridades venezuelanas conseguiram controlar ontem a rebelião na penitenciária Rodeo 2, nas imediações de Caracas. Segundo o Ministério da Informação, todos os 831 presos foram retirados do local pela Guarda Nacional, em 16 ônibus.

, O Estado de S.Paulo

14 de julho de 2011 | 00h00

De acordo com os dados oficiais, 2 agentes de segurança e 1 preso morreram nos 27 dias da revolta, que começou logo após uma rebelião em Rodeo 1, que compõe o mesmo complexo penitenciário, deixar 22 mortos. "Felicito a todos pelo êxito da operação de El Rodeo. Exemplo de respeito supremo aos direitos humanos. Mas uma grande autocrítica se impõe (à atuação das autoridades venezuelanas)", postou o presidente Hugo Chávez em sua página no Twitter. / AP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.