Rebelião em prisão do México deixa 17 presos mortos, dizem autoridades

Pistolas e rifle foram encontradas na cadeia; dois policiais ficaram feridos, um de forma grave

Agência Estado e Associated Press

14 de junho de 2010 | 15h25

CIDADE DO MÉXICO - Uma rebelião em uma prisão no estado de Sinaloa, no México, deixou 17 presos mortos, informaram nesta segunda-feira, 14, autoridades do país.

 

Um porta-voz dos promotores do estado de Sinaloa disse que todas as vítimas foram baleadas. Investigadores encontraram duas pistolas e um rifle de assalto na prisão, situada na cidade de Mazatlan, na costa leste mexicana.

 

Ainda segundo as fontes, dois policiais que faziam a segurança da prisão foram feridos, um deles gravemente.

 

Ataque contra a Polícia

 

Mais cedo, a Polícia Federal mexicana informou que dez de seus agentes foram mortos nesta durante um ataque perto de uma escola secundária no Estado de Michoacán, no oeste do país.

 

O Departamento de Segurança Pública afirmou que homens armados balearam os agentes perto de uma escola secundária técnica. Vários policiais ficaram feridos no ataque.

Tudo o que sabemos sobre:
Méxicorebelião

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.