Recompensa pela captura do 'matador de policiais' é estabelecida em US$ 1 milhão

As autoridades da Califórnia anunciaram ontem uma recompensa de US$ 1 milhão para quem fornecer informações que levem à captura de Christopher Dorner (foto) , o ex-policial suspeito de três ataques contra policiais e suas famílias. A caçada começou quando Dorner publicou um "manifesto" em que prometia usar "métodos não convencionais e assimétricos" contra seus ex-colegas de trabalho por ter sido "injustamente demitido" em 2008. Ontem, uma falsa informação sobre Dorner provocou um início de pânico numa loja de Los Angeles.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.