Andrew Harnik/AP
Andrew Harnik/AP

Recontagem de votos na Geórgia confirma vitória de Biden, dizem autoridades eleitorais

Estado recontou à mão todos os cinco milhões de votos depositados

Redação, O Estado de S.Paulo

19 de novembro de 2020 | 21h54

O secretário de Estado da Geórgia, Brad Raffensperger, disse nesta quinta-feira, 19, que uma auditoria manual foi concluída e confirmou Joe Biden como o vencedor da eleição de 3 de novembro no Estado.

Uma auditoria foi lançada depois que resultados não oficiais mostraram Biden à frente do presidente Donald Trump por cerca de 14 mil votos.

"A auditoria confirmou que a contagem original da máquina retratou com precisão o vencedor da eleição", disse o secretário de Estado em um comunicado na noite de quinta-feira.

Raffensperger deve certificar formalmente a vitória de Biden na sexta-feira.

Trump, que alegou sem evidências que houve irregularidades e fraudes generalizadas em Estados que ele perdeu para Biden, incluindo a Geórgia, ainda pode solicitar uma recontagem depois que os resultados forem certificados porque a margem de vitória foi inferior a 0,5%. /REUTERS

Tudo o que sabemos sobre:
Joe Biden

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.