Recuperado o último corpo de dentro de mina chinesa inundada

O acidente ocorreu em março e deixou 38 mortos e 115 sobreviventes

Reuters

26 de abril de 2010 | 03h30

As equipes de salvamento recuperaram nesta segunda-feira, 26, o último corpo na mina de carvão inundada há quase um mês na província chinesa de Shanxi (norte), e na qual após uma semana do ocorrido 115 pessoas foram recuperadas, em uma operação que se qualificou de "milagrosa".

 

Com o cadáver recuperado, os mortos no acidente aumentam para 38, informou a agência oficial de notícias "Xinhua". Este acidente teve especial importância porque sete dias depois da inundação do poço 115 trabalhadores foram resgatados da mina da Wangjialing Coal Mine, em um acidente cada vez mais comum em um país no qual um grande número de mineiros morrem a cada ano.

 

As equipes de emergência enviaram 300 bolsas de glicose e outros alimentos para o interior da mina, e com turnos sem descanso, os mais de três mil soldados conseguiram descer ao nível da inundação e extrair do interior quase 60 mil metros cúbicos de água.

 

Um porta-voz do Escritório de Saúde da província assegurou que "só três dos 115 sobreviventes estão hospitalizados, e os outros já tiveram alta", acrescentando que a condição dos pacientes é estável.

Tudo o que sabemos sobre:
AcidenteChina

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.