Recuperados 45 cadáveres e 3 mísseis do Kursk

Foram recuperados os cadáveres de 45 marinheiros e três mísseis do submarino nuclear Kursk, desde que a embarcação, destruída por duas explosões no ano passado, foi resgatada do fundo do mar e colocada num dique seco no norte ártico da Rússia, segundo fontes da Marinha. Os três mísseis Granit, de um total de 22 que o Kursk carregava, e cinco cadáveres, foram recuperados desde domingo à noite, informou o governo russo. Os trabalhos de recuperação dos cadáveres que estavam nos compartimentos intermediários do submarino continuavam nesta segunda-feira. Acredita-se não haver mais restos nos três compartimentos de popa, onde os sobreviventes das explosões que afundaram o Kursk permaneceram vivos por várias horas, de acordo com o porta-voz Leonid Troshin. Associated Press Foram recuperados os cadáveres de 45 marinheiros e três mísseis do submarino nuclear Kursk, desde que a embarcação, destruída por duas explosões no ano passado, foi resgatada do fundo do mar e colocada num dique seco no norte ártico da Rússia, segundo fontes da Marinha. Os três mísseis Granit, de um total de 22 que o Kursk carregava, e cinco cadáveres, foram recuperados desde domingo à noite, informou o governo russo. Os trabalhos de recuperação dos cadáveres que estavam nos compartimentos intermediários do submarino continuavam nesta segunda-feira. Acredita-se não haver mais restos nos três compartimentos de popa, onde os sobreviventes das explosões que afundaram o Kursk permaneceram vivos por várias horas, de acordo com o porta-voz Leonid Troshin.

Agencia Estado,

29 Outubro 2001 | 19h31

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.