Recuperados Monet e Van Gogh roubados de museu suíço

A polícia suíça recuperou ontem duas das quatro obras impressionistas roubadas no dia 11 de um museu em Zurique. Os quadros Campo de Papoulas perto de Vétheuil (1879), de Claude Monet, e Branches de Marronier en Fleurs (ramos de castanheira em flor - 1890), de Vincent van Gogh - avaliadas em US$ 64 milhões -, foram encontrados no banco de trás de um automóvel estacionado em um hospital psiquiátrico em Zurique. A polícia não informou se houve pagamento de resgate pelas obras.As duas pinturas estão em boas condições e ainda estavam com os vidros de proteção, com os quais eram exibidas no Museu Buehrle. "Estamos muito felizes porque os dois quadros estão em perfeito estado. Mas não podemos esquecer que há duas peças de nossa coleção que ainda não foram encontradas", disse o diretor do museu, Lukas Gloor.Ainda não há informações sobre o paradeiro de Conde Lepic e suas Filhas (1871), de Edgar Degas, e Rapaz de Colete Vermelho (1888), de Paul Cézanne, que também foram roubadas no dia 11 por três homens mascarados, ainda não identificados. Juntas, as duas obras valem US$ 99 milhões.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.