"Recusa de Israel à ONU é inaceitável", diz presidente da Comissão Européia

O presidente da Comissão Européia,Romano Prodi, considerou hoje "inaceitável" a recusa porparte de Israel de receber uma missão da ONU que pretendeinvestigar o que ocorreu no campo de refugiados de Jenin. "Se o Exército (israelense) não tem nada a esconder, nãopoderia haver razão para não permitir o trabalho da missão",disse Prodi numa entrevista coletiva. "Para Israel, esta missãoé uma chance de mostrar ao mundo que não existe nada a serescondido". Israel continua impedindo a chegada da equipe da ONU, alegandotemer que um preconceito antiisraelense produza um relatórioaltamente crítico à operação militar do Estado judeu no campo deJenin, na Cisjordânia. "A contínua recusa por parte de Israel... é inaceitável",afirmou Prodi.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.