Rede que traficava cocaína é desarticulada

Uma rede criminosa que traficava até dez toneladas de cocaína por mês para o cartel de Sinaloa, no México, foi desarticulada por Colômbia e Estados Unidos. Ao todo, 36 pessoas foram presas e 5 toneladas da droga e 21 aeronaves foram apreendidas, afirmaram ontem autoridades colombianas. Segundo a investigação, a rede era dirigida por Daniel "El Loco" Barrera, que tem ligação com as Farc e é um dos traficantes mais procurados do país. Ele não foi preso. Há uma recompensa de US$ 2,8 milhões por sua captura.

, O Estado de S.Paulo

03 Setembro 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.