Redução de estímulo nos EUA em setembro é incerta

O presidente do Federal Reserve de Atlanta, Dennis Lockhart, disse que continua aberta a possibilidade de que a desaceleração das compras mensais de bônus pelo Fed comece em setembro, contanto que os indicadores econômicos até lá não provoquem choques no mercado. Ele alertou, no entanto, que é precipitado concluir que o Fed reduzirá os estímulos no próximo mês.

Agência Estado

25 de agosto de 2013 | 19h29

"Seria imprudente olhar para os dados e concluir que o panorama é absolutamente claro", disse Lockhart em entrevista à Market News International. "Acho que os indicadores de moradias e pedidos de auxílio-desemprego, e possivelmente outros dados que saem nos próximos dias, não oferecem um sinal claro da força da economia".

Lockhart, que não tem direito a voto nas reuniões do Comitê Federal de Mercado Aberto (FOMC, na sigla em inglês) do Fed deste ano, observou que os indicadores continuam divergentes e que por isso é difícil concluir de forma definitiva que a economia está claramente num caminho de aceleração. Fonte: Market News International.

Tudo o que sabemos sobre:
Jackson HoleFedLockhart

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.