Reeleito, Santos toma posse na Colômbia

Reeleito com a promessa de fechar um acordo de paz com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), Juan Manuel Santos tomou posse ontem da presidência em uma grande cerimônia ao ar livre na Praça Núñez, situada entre o Congresso e a Casa de Nariño, em Bogotá.

BOGOTÁ, O Estado de S.Paulo

08 de agosto de 2014 | 02h01

O partido de oposição Centro Democrático, do ex-presidente Álvaro Uribe, distribuiu um comunicado dizendo que seus representantes no Congresso não assistiriam à posse em protesto pelo modo como Santos foi eleito e pela presença de guerrilheiros no processo eleitoral.

Outra ausência notada foi a do presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, que cancelou a viagem de última hora, enviando em seu lugar o ministro do Planejamento, Ricardo Menendez. A presidente brasileira, Dilma Rousseff, enviou como representante do governo o vice-presidente Michel Temer. / AFP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.