Reféns europeus são libertados no Irã

Os três europeus capturados por contrabandistas de drogas no último dia 2 no sudeste do Irã foram libertados hoje "a salvo", de acordo com o Ministro das Relações Exteriores, Kamal Kharrazi. Eles foram pegos durante um passeio ciclístico na região, freqüentada por traficantes de drogas vindas do Paquistão.Segundo o Ministro da Segurança, Ali Asghar Ahmadi, não foi pago resgate pela libertação dos reféns. Dias depois do seqüestro, um telefonema anônimo teria pedido 5 milhões de euros para libertar os três europeus, disse Gholam Reza Javdan, um alto funcionário da província.Não há mais detalhes sobre a libertação dos reféns. De acordo com a mídia iraniana, tratava-se dos alemães David Storm e Oliver Brug e do irlandês Aidan James Leahy.Para Javdan, o seqüestro ocorreu em represália às ações contra os tráfico de drogas na região no último ano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.