Reféns franceses podem ser libertados nas próximas horas

Um negociador francês disse nesta sexta-feira que dois jornalistas seqüestrados há mais de um mês no Iraque podem ser libertados nas próximas horas. Philippe Brett afirmou à rádio Europe-1 que estava com os dois reféns, em fase final de negociação para libertá-los. Christian Chesnot, 37, e George Malbrunot, 41, desapareceram em 20 de agosto quando aparentemente dirigiam-se a Najaf. O exército islâmico no Iraque assumiu a autoria do seqüestro.

Agencia Estado,

01 Outubro 2004 | 09h13

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.