Reféns turcos são libertados no Iraque

Sete turcos que haviam sido tomados como reféns no Iraque foram soltos em Faluja e estão a caminho de Mosul, no norte do país. O grupo de trabalhadores turcos havia sido seqüestrado por elementos que afirmavam pertencer à Jihad Islâmica e exigiam que as empresas da Tuquia encerrassem as atividades e retirassem os funcionários do Iraque. Segundo o diretor da empresa para o qual os seqüestrados trabalhavam, todos estão bem e falarão com suas famílias quando chegarem a Mosul.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.