Referendo de nova Constituição egípcia é aprovado

O comitê eleitoral egípcio informou neste sábado que 98,1% dos cidadãos que foram às urnas esta semana aprovaram o referendo que institui uma nova Constituição no país.

Agência Estado

18 de janeiro de 2014 | 15h21

Esta foi a primeira votação no Egito após o golpe que derrubou o presidente Mohammed Morsi e a Irmandade Muçulmana do poder, em julho do ano passado. Autoridades consideram o resultado do referendo fundamental para legitimar o governo militar interino e levar adiante seu plano de realizar eleições parlamentares e presidencial.

De acordo com as autoridades eleitorais, 38,6% dos mais de 53 milhões de eleitores do país participaram do referendo que durou dois dias e foi marcado por protestos e confrontos violentos.

Os partidários de Morsi boicotaram a votação e alegaram que os números apresentados são forjados. A Irmandade Muçulmana prometeu manter os protestos contra os militares quase diariamente. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
EGITOREFERENDORESULTADOATUALIZA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.