Referendo venezuelano tem início às 6h

Começa dentro de poucas horas o referendo popular da Venezuela, que vai decidir se o presidente Hugo Chávez tem o direito de se candidatar ilimitadamente à reeleição. Enquanto Chávez afirma que sua vitória é crucial para a transição do País ao socialismo, seus adversários dizem que o objetivo do chefe de Estado é apenas perpetuar-se no poder.Eleito pela primeira vez em 1998, Chávez disse ontem que a mudança na Constituição permitirá que os venezuelanos escolham por quem querem ser governados, aprofundando a Democracia. "Dez anos não são nada. Não sei do que estão reclamando", sentenciou o presidente, referindo-se aos que ressaltam o fato de que ele já está no poder há mais de uma década.A votação começa às 6h (hora local). O País tem 16,5 milhões de eleitores registrados, e foram instalados 34,6 mil locais de votação. Há previsão de chuva no decorrer do dia, o que pode influenciar no comparecimento às urnas. Os primeiros resultados da consulta estão previstos para ser divulgados por volta de 23h (hora local).

AE-AP, Agencia Estado

15 de fevereiro de 2009 | 04h07

Tudo o que sabemos sobre:
Venezuelareferendo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.