Reformista pró-Ocidente vence eleição na Sérvia

O candidato reformista pró-OcidenteBoris Tadic venceu hoje as eleições presidenciais na Sérvia derrotando o ultranacionalista Tomislav Nikolic, segundo projeções com base na contagem parcial dos votos. Tadic, do Partido Democrático, de centro-esquerda, obteve 53,5% dos votos e Nikolic, do ultranacionalista Partido Radical, 45,1%, de acordo com o Centro para Eleições Livres e Democracia - um grupo independente de monitoramento eleitoral.A votação teve uma participação de 48,5% dos 6,5 milhões de eleitores e os resultados deverão ser divulgados amanhã. A eleição era vista como crucial para determinar se a Sérvia se aproximaria da União Européia ou retrocederia ao isolamento nacionalista da época do regime autocrático de Slobodan Milosevic, deposto quase quatro anos atrás.As três tentativas prévias de eleger um presidente desde 2002 fracassaram por causa da alta abstenção do eleitorado, o que levou o Parlamento a derrubar a norma que exigia ocomparecimento mínimo de 50% dos eleitores para validar eleições presidenciais.O cargo de presidente estava vago desde o fim do mandato do socialista Milan Milutinovic, membro do regime de Milosevic. "Estou convencido de que a Sérvia confirmará que caminha em direção à União Européia", disse Tadic, de 46 anos, ao votarpela manhã em Belgrado. O reformista prometeu melhorar as relações tanto com o Ocidente como com o Oriente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.