Refugiados ameaçam fazer greve de fome

Um grupo de refugiados afeganes, detidos por duas semanas, depois de um naufrágio, numa ilha-prisão da Indonésia, ameaçaram entrar em greve de fome, a menos que as Nações Unidas aceitem suas exigências de asilo. Os 138 refugiados estavam viajando da Indonésia para a Ilha Christmas, na Austrália, quando o barco em que estavam afundou numa tempestade. Uma mulher e uma criança se afogaram. Os sobreviventes nadaram até a ilha indonésia. Este é um grupo diferente dos 460 refugiados detidos em um navio ao largo da Ilha Christmas desde a última segunda-feira. ?Faremos greve de fome a partir de segunda-feira, a menos que nos permitam deixar este lugar?, disse Abdul Rashid, um dentista que diz estar fugindo do regime linha-dura do Taleban, que domina o Afeganistão. ?Ninguém nos ouve, ninguém nos ajuda?. Centenas de imigrantes ilegais estão detidos na Indonésia, depois de tentarem fugir para a Austrália ou Nova Zelândia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.