Refugiados da Geórgia são 40 mil, diz Cruz Vermelha

Uma porta-voz do Comitê Internacional da Cruz Vermelha em Tbilisi, na Geórgia, disse que cerca de 10 mil pessoas viram-se obrigadas a abandonar suas casas por causa do conflito entre a Geórgia e a Rússia. Referindo-se a estimativas sobre o número de refugiados que fugiram da Ossétia do Sul para a Rússia, a porta-voz Maia Kardava disse que "a cifra de 30 mil parece ser verdadeira. Dentro da Geórgia, são mais de 10 mil". Com isso, seriam 40 mil os refugiados do conflito.O conflito começou na sexta-feira, quando tropas da Geórgia invadiram a região da Ossétia do Sul, que busca a independência e onde boa parte da população é russa. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.