Refugiados são transferidos para navio australiano

Os 438 refugiados do Afeganistão e de Sri Lanka começaram a ser removidos hoje do cargueiro norueguês Tampa para um navio militar australiano, usado para transportar soldados. Eles serão levados inicialmente a Port Moresby (capital de Papua) e dali para a Nova Zelândia e a Ilha de Nauru (pequena república do Pacífico), que concordaram em lhes dar asilo. Para Nauru, iriam 238, e para a Nova Zelândia, 150.Duas embarcações com capacidade de transportar 30 pessoas por vez estavam sendo usadas para levar os refugiados ao navio militar australiano, e o processo de transferência deve durar cerca de seis horas. A transferência dos refugiados do Tampa para o navio militar foi autorizada depois que uma tribunal australiano suspendeu uma ordem judicial que impedia que os refugiados fossem transferidos em águas australianas.DesembarqueOs refugiados, porém, não poderão desembarcar em solo de Papua Nova Guiné tão cedo. Um tribunal federal australiano da cidade australiana de Melbourne ainda está julgando o pedido de asilo dos refugiados do Afeganistão e do Sri Lanka.Se a corte decidir que a Austrália deve conceder asilo, o navio militar deverá retornar e desembarcar os refugiados em solo australiano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.