Refugiados sírios na Turquia já passam de 600 mil, diz governo

Cerca de 200 mil sírios vivem em 21 acampamentos perto da fronteira dos dois países

O Estado de S. Paulo,

21 de outubro de 2013 | 10h10

ANCARA -  O número de refugiados sírios na Turquia já superou 600 mil, dos quais 400 mil vivem fora de campos de refugiados organizados, disse a agência turca de gerenciamento de emergências nesta segunda-feira, 21.

"Conduzimos um estudo antes do feriado do Eid (al Adha) e os números superaram cerca de 600 mil", disse Mustafa Adogdu, porta-voz da Direção de Gerenciamento de Desastres e Emergências. A Turquia tem 900 quilômetros de fronteira com a Síria, e o governo presta forte apoio aos rebeldes que lutam desde 2011 contra o regime do presidente sírio, Bashar al-Assad.

Ancara promete manter uma política de "portas abertas" para os refugiados da Síria, embora eventualmente feche seus acessos após confrontos próximos da fronteira. Cerca de 200 mil sírios vivem em 21 campos de refugiados na Turquia, a maioria perto de cidades na região da fronteira, segundo Aydogdu. Os demais vivem em barracas fora dos campos.

O primeiro-ministro Tayyip Erdogan disse em agosto que a Turquia já gastou cerca de 2 bilhões de dólares acolhendo refugiados. A ONU prevê que outros 2 milhões de sírios se tornarão refugiados em 2014, e que 2,25 milhões se tornarão desabrigados internos do conflito. / REUTERS

Tudo o que sabemos sobre:
SíriaTurquia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.